terça-feira, 29 de abril de 2008

Video killed the radio star.

Aparentemente surgiu online uma sex tape de Jimi Hendrix. Dizem os relatos das testemunhas que o homem "dedilhava" as mulheres tão bem como tocava guitarra eléctrica. Mas será que chegou a pegar fogo a alguma como fez em Monterey? Isso sim, dava um filme.
Let's look at the trailer. Acham que é mesmo ele?

He swore he would hang me and I wish I was single again.

O single em vinil não está morto. Mas devia.
Aqui fica Violet Hill o novo dos Coldplay.
E.
Rat is Dead dos Cansei De Ser Sexy.
Avanço do novo álbum. Aqui.

Titulo do post: Single Again dos Fiery Furnaces.

quinta-feira, 24 de abril de 2008

Reflexão I: He gave it all for love.

Tava agora a conversar sobre amor.
Amor é não ir ver o Dylan a Vilar de Mouros e rumar ao Algarve pra tar com ela.
E não pensar duas vezes.
MP3's soltos de baladas do Tom Waits por aqui. Porque me sinto assim agora.
UPDATE: A 3ª musica da Scarlett tá na net. Fawn está aqui. Se ela fosse feia as suas musica teriam o mesmo interesse? Talvez não.

Pausa II: And the decomposing lover says... Babe, I'm on fire!

Hoje dois avanços do disco de Scarlett Johansson (com Bowie) e uma cover dos Klaxons por Goldfrapp (que por sua vez tinham tb sacado a musica a alguém dos 90's) . Uma. Duas. Três.
Girl Power Rulez... sometimes!
Vinil Update: Descobri que não posso ter as máquinas de lavar e o gira-discos a funcionar ao mesmo tempo. Se não, sai tudo wha-wha-wha-wha. E só Deus sabe como sai a roupa ao som dos Raconteurs... Mental Note: Faxina só ao som de CD!
Titulo do Post: Baby, I'm on fire, de Nocurama, 2003. O 12º disco de estúdio de Nick Cave. O concerto do Coliseu do Porto foi memorável. Menos espampanante, e barulhento, que o da Abattoir Blues Tour mas ainda assim religiosamente interpretado.

quarta-feira, 23 de abril de 2008

Pausa I: Hello cowgirl in the sand

Duffy parece uma daquelas artistas que apareceram para animar a malta, enquanto Amy Winehouse não deixa as drogas e volta ao estúdio. Mas esta cover dos Hot Chip é muito gira. O original também é de si bastante bom.
Aqui está a cover. Aqui está o original.
A tese também vai bem. Obrigado.
Vinil Update: Hoje trouxe os dois dos Raconteurs e Everybody Knows This is Nowhere, de Neil Young (1969). Tudo da Louie Louie. Da Amazon UK chegou The Last Shadow Puppets. Muitas voltas para dar no gira-discos.

segunda-feira, 21 de abril de 2008

Libertação II: There is no middle ground, or that's how it seems

Hoje o homem dos Arctic Monkeys descobre a musica de Scott Walker.
E os primeiros singles de Bowie dos anos 60.
Vai daí, pega num amigo e voa para a provence francesa.
Este é o resultado. The age of the understatement.

sexta-feira, 18 de abril de 2008

Libertação I: Coming out of this cage, I've been doing just fine....

Amanhã feira do vinil no cais de Gaia.
Um dia em cheio. Claro.
Entretanto.
The Chapin Sisters, Kill me now. Aqui.
Três irmãs fazem folk negro e melódico.

quinta-feira, 17 de abril de 2008

Reclusão II: The distance is quite simply much too far for me to row

Transatlanticism. Death Cab For Cutie.
De 2003, numa edição alemã em vinil.
Épica. Aqui.

domingo, 13 de abril de 2008

Reclusão I: I'm an innocent victim of a blinded alley

Todos me perguntam quando assento, quando ganharei juizo.
Quando encontrar alguém que seja assim...

My love she speaks like silence,
Without ideals or violence,
She doesn't have to say she's faithful,
Yet she's true, like ice, like fire.
People carry roses,
Make promises by the hours,
My love she laughs like the flowers,
Valentines can't buy her.

In the dime stores and bus stations,
People talk of situations,
Read books, repeat quotations,
Draw conclusions on the wall.
Some speak of the future,
My love she speaks softly,
She knows there's no success like failure
And that failure's no success at all.

The cloak and dagger dangles,
Madams light the candles.
In ceremonies of the horsemen,
Even the pawn must hold a grudge.
Statues made of match sticks,
Crumble into one another,
My love winks, she does not bother,
She knows too much to argue or to judge.

The bridge at midnight trembles,
The country doctor rambles,
Bankers' nieces seek perfection,
Expecting all the gifts that wise men bring.
The wind howls like a hammer,
The night blows cold and rainy,
My love she's like some raven
At my window with a broken wing.

Copyright © 1965; renewed 1993 Special Rider Music

Bob Dylan, Bringing it all back home, 1965, o mp3 anda por aqui.

PS: Outro dia. Outro disco de Tom Waits. Outra tarde de melodias loucas e boémias. Desta vez é Tom Traubert's Blues.

quinta-feira, 10 de abril de 2008

I could turn you inside out. What I choose not to do.

Green dos R.E.M., de 1988. Aqui.
Lembro-me de comprar este disco algures em 1995.
Era isso ou acampar algures com amigos, entretanto meio-perdidos.
Escolhas fáceis. Já lai vai assim tanto tempo?

quarta-feira, 2 de abril de 2008

Ainda no outro dia falavamos de Tom Waits...

Encontrei Rain Dogs, de 1985, numa loja de vinis em 2ª mão.
Não resisti. É perfeito. E agora só ouço:
"Hush my love a train now, well it takes me away from you".
O disco está aqui. E tu onde estás?

Os Cabeças de Radio na Radio


Podia ter sido uma mentira de 1 de Abril mas não foi! Os Radiohead fizeram 2 concertos nesse dia para a BBC Radio.

Aqui ficam as Matinee and Evening Performances para os programas de Radcliffe & Maconie e Steve Lamack.

terça-feira, 1 de abril de 2008

A juventude já não é o que era. No meu tempo não havia telemóveis, mas atirávamos bolas de papel às costas do professor pelos canos das canetas BIC...

Kings of Leon
2003
Os Kings of Leon são um grupo espantoso. O rock de raízes americanas faz deles os primos hillbilly dos Strokes. Nunca os vi ao vivo. Deve ser único. Este é o disco de estreia de 2003.
Bónus: A discografia resmaterizada toda dos Joy Division está aqui.
(porque eles são a banda sonora das tristezas que também fazem a juventude)

A Clinica para urbano depressivos viciados em guitarras!

Os Clinic são uma banda art punk de Liverpool formada 1997. Chegaram a fazer uma tournee com os Radiohead em 2000. São uma banda muito curiosa e este é o seu último album "Do it!". As guitarras lowfi dos clinic parecem desorganizadas e a voz é um gemido bizarro mas não consigo deixar de ouvir estas músicas.

listen and buy!