quinta-feira, 19 de Novembro de 2009

Heaven can wait



Um video muito bom de Charlotte Gainsbourg e Beck. Disco a ter debaixo de olho...

quarta-feira, 18 de Novembro de 2009

hummm... quem sabe

Talvez reinicie este blog. Há muita musica nova para divulgar e muitos discos antigos que revisito. Não ando a ouvir tanta música como deveria, mas isso tem acontecido em favor de outras actividades tão ou mais enriquecedoras. Os discos são, até vêr, uma forma de manter algum equilíbrio mental.
A agulha não tem parado quieta mas o ritmo diminui um pouco. Até breve.

PS: Hoje à secretária trabalham comigo os vinis de Flaming Lips (Yoshimi...) e Grizzly Bear (Yellow House). Podem ser o motor de arranque da terceira fase deste blog.

quinta-feira, 3 de Setembro de 2009

Albini & Tomatillos (o que quer que isso seja)

Se não sabem quem é Steve Albini... deviam saber.

terça-feira, 1 de Setembro de 2009

Smells like $$$$

A ideia de que Kurt Cobain vai estar no novo Guitar Hero dá-me uma certa volta ao estômago. Ao menos aparece com a sua t-shirt clássica de Daniel Johnston. A minha repousa algures numa pilha de roupa suja...

quinta-feira, 27 de Agosto de 2009

The Daily News

Reabro este blog com três histórias musicais. Duas mortes e uma vida nova. Um pouco desequilibrado mas a tristeza sempre foi a melhor musa.
Morreu Ellie Greenwich, uma das grandes escritoras de canções deste século. Escreveu alguns dos hits das Ronettes. E toda a gente já sabe que eu sou louco por uma das Ronettes.
O blog de Sasha Frere-Jones para a The New Yorker é uma das referências obrigatórias para saber de música. Não de mp3's ou de discos que nimguém conhece. Histórias de música e de músicos. Esta semana ele fala também de Larry Knetchel, um musico de estudio. Basta dizer que o homem gravou Good Vibrations com os Beach Boys, Bridge Over Troubled Water com Simon & Frafunkel ou Tamborine Man com os Byrds. O blog tem uma história muito interessante sobre a sua vida.
Finalmente, Roxanne Shante, uma rapper dos anos 80 de que não me recordo conseguiu fazer com que a sua editora lhe pagasse os seus estudos de medicina. Parece que não sou só eu a não lêr contratos. Aparanentemente as editoras também o fazem, mesmo quando os escreveram antes.

terça-feira, 18 de Agosto de 2009

sexta-feira, 24 de Julho de 2009

40 anos de Woodstock

Hoje é dia de instalar o meu gira-discos (que já não ligo há tempo demais!) na minha casa nova em Alfama.
Para cada ocasião especial, há um disco especial. Como forma de celebrar os 40 anos do Summer Of Love, o primeiro vinil a rodar vai ser a minha velha gravação de Woodstock. Não serão os 6 lados dos três vinis (!) , mas a partir daqui é dado o mote.
Se calhar vou aproveitar para separar os meus vinis (por ordem alfabética está fora de questão). As oito categorias que tinha pensado: 60's, Dylan, 70's, Bowie, Punk+New Wave, 80's, 90's e 00's.
Agradecem-se outras sugestões.